• Chesller

Saiba tudo para você montar o seu brechó

Atualizado: 21 de Ago de 2018


O que seria a parte estrutural para montar um brechó?

Vamos lá; para começarmos a falar de brechó precisamos ter em mente visão geral sobre o negócio porque algumas pessoas querem montar um brechó menor, outras querem algo maior e por isso devemos adaptar as coisas com a sua necessidade e também com os seus objetivos.

Para iniciar um brechó de sucesso vamos seguir 5 passos!

  1. Localização - onde montar o brechó?

  2. Estrutura - o que eu preciso ter para montá-lo

  3. Qualidade do seu produto - cuidado para não vender peças estragadas

  4. Cuidado com o espaço - armazenamento e limpeza

  5. Ambiente agradável - decoração, escolha um tema

1. LOCALIZAÇÃO

Qual é a melhor localização?

A primeira opção pra mim sempre é fazer em casa. Como geralmente não temos muito dinheiro para investir a melhor localização é nossa casa, principalmente se pensarmos primeiro no público alvo. Você pode montar seu espaço em sua garagem ou até mesmo no primeiro cômodo de entrada da sua casa. Além de ter o conforto de trabalhar em casa você já tem seus vizinhos como público alvo.


Caso você tenha um dinheiro para investir em um aluguel o mais aconselhável é que você escolha uma região que tenha grande fluxo de pessoa porque quanto mais virem o seu brechó, maior será a sua chance de vender.


2. ESTRUTURA

O que eu preciso para começar?

Geralmente a estrutura de um brechó varia de acordo com o tamanho do espaço; mas existem coisas básicas de uma boa estrutura que se divide em:

  • Sala de exposição das peças onde deve ter araras com cabides; manequins masculinos e femininos;

  • Bancada e um caixa;

  • Provadores com espelho é essencial;

  • Depósito onde você possa guardar peças que chagam na loja;

  • Banheiro;

  • Copa/cozinha (que pode ser pequena)

3. CUIDADO COM O ESPAÇO

Elimine a sujeira e a poeira do seu espaço.

Uma das coisas que mais incomodam os frequentadores de brechó é a poeira e a sujeira que geralmente tem nos espaços.

Mantenha sempre o ambiente limpo, arrumado e cheiroso. Faça diariamente uma revisão na loja para que tenha certeza de que não tem peças empoeiradas ou cheirando a mofo.

Um ambiente limpo e organizado faz com que seu cliente permaneça mais tempo e consiga garimpar mais peças.


4. QUALIDADE DO SEU PRODUTO

Cuidado para não vender peças estragadas.

Quando compramos peças para revenda ou adquirimos de doação devemos sempre avaliá-las uma a uma com cuidado para verificar se elas não tem avarias como por exemplo: manchas, furos, se o tecido não está podre, se não está faltando botões entre outras coisas.

Porem muitas vezes tem peças com avarias que podem ser arrumadas ou até mesmo customizadas.

Quando temos produtos expostos em perfeito estado, garantimos uma fidelidade do cliente que também pode indicação para outros novos.

Caso tenha peças com pequenas avarias e você não quer concertá-las a opção é montar uma arara com preço promocional e avisando que estas contem pequenos defeitos.


5. AMBIENTE AGRADÁVEL

Arrase na escolha do tema para a decoração

Uma das coisas que mais agradam os clientes é a decoração do espaço. Quantas vezes você entrou em uma loja e acabou perdendo a hora porque o ambiente era bem decorado e agradável? Então! É disso que eu estou falando.

O seu cliente deve entrar no seu brechó e não querer sair mais de lá!

E um ambiente pode ser agradável sem ser luxuoso e caro.

Hoje em dia temos a internet como uma ferramenta muito boa de pesquisa; você pode pesquisar por espaço vintage, reciclado, espaço pequeno, e por a criatividade em prática.


Vejas estes exemplo de decoração de lojas e pesquise espaços que mais lhe agrada!


547 visualizações

Chesller

Moda Sustentável

SIGA A GENTE

  • Grey Instagram Icon
  • Grey Facebook Icon
  • Grey Pinterest Icon